Curso de História do Brasil Aula Os Bandeirantes As Entradas Enem Vestibular Concurso

639 views

0   0


http://youtu.be/Qedg7h9WEsU Curso de História do Brasil Aula Os Bandeirantes As Entradas Enem Vestibular Concurso
Vídeoaula
Denominam-se bandeirantes os sertanistas do Brasil Colonial, que, a partir do início do século XVI, penetraram nos sertões brasileiros em busca de riquezas minerais, indígenas para escravização ou extermínio de quilombos. A denominação "Bandeira" passou a ser utilizada em 20 de fevereiro de 1677. Depois passaram a ser chamados de sertanistas conforme relato em 31 de dezembro de 1678. A palavra "bandeirante" constatou-se em um documento assinado pelo capitão-general Conde de Alva, em 1740.
Os bandeirantes, que geralmente saiam de São Paulo e São Vicente, dirigiam-se ao interior do Brasil caminhando através de florestas e também seguindo caminho através rios. Estas explorações territoriais eram chamadas de Entradas ou Bandeiras. Enquanto as Entradas eram expedições oficiais organizadas pelo governo; as Bandeiras eram financiadas por particulares (senhores de engenho, donos de minas e comerciantes).
Aconteceram três ciclos de atuação dos bandeirantes:
No primeiro ciclo, chamado de "caça ao índio", os bandeirantes capturavam índios para serem escravizados e vendidos aos fazendeiros de cana-de-açúcar. Nesta fase os bandeirantes invadiam tribos e missões jesuítas para capturar os indígenas, que eram levados acorrentados até os locais de leilão. Em seguida veio o segundo ciclo, chamado de "sertanismo de contrato", foi a fase em que os bandeirantes eram contratados para combater os quilombos. Finalmente, no terceiro ciclo ou "ciclo do ouro", os bandeirantes passaram a dedicar-se à exploração das regiões auríferas, principalmente de Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso. Entre os principais bandeirantes podemos citar;
Jerônimo Leitão que comandou a primeira bandeira conhecida
Antônio Arzão encontrou ouro no ano de 1693 em Minas Gerais
Antonio Pedroso de Barros, e Antônio Alvarenga adentraram os sertões de Mato Grosso.
Bartolomeu Bueno da silva, mais conhecido por Anhanguera, foi o pioneiro na exploração dos sertões goianos.
Antônio Raposo Tavares atacou as missões jesuíta espanholas no atual Rio Grande do Sul para capturar índios e garantiu para o Brasil a posse do que viria a ser os estados do Paraná e Santa Catarina.
Fernão Dias Pais Lemes, desbravador dos sertões do Brasil foi o responsável pela bandeira das esmeraldas, em 1661 adentrou a região Sul "até a serra de Apucarana", no "Reino dos índios da nação Guaianás", ou seja, no sertão do atual estado do Paraná.
Manuel Borba Gato participou da descoberta de ouro em Minas Gerais.
Gabriel de Lara chega com sua bandeira à região de Paranaguá e ali funda o povoado de Nossa Senhora do Santíssimo Rosário, atual cidade de Paranaguá, no litoral do Paraná.
Domingos Jorge Velho foi o responsável pelo extermínio do Quilombo dos Palmares, nas Alagoas.
Como conclusão, pode-se dizer que os bandeirantes foram responsáveis pela expansão do território brasileiro, desbravando os sertões além do Tratado de Tordesilhas e com a exploração do ouro e diamantes ocorreu a fixação de populações em áreas urbanas, como as vilas de Ouro Preto, Sabará, Mariana e Diamantina, em Minas Gerais, Vila Boa, em Goiás, e Vila Bela, no Mato Grosso. Por outro lado, agiram de forma violenta na caça de indígenas e de escravos foragidos, contribuindo para a manutenção do sistema de escravidão que vigorava no Brasil Colônia. Em 14 de novembro é comemorado o Dia dos Bandeirantes.
Os Bandeirantes
- Captura de escravos fugitivos e aprisionamento de indígenas.
- Armados e usavam a violência.
- Desbravamento do território brasileiro.
- São Vicente (litoral paulista) e São Paulo.
- Bandeiras e Entradas.
- Principais bandeirantes.
acidente
Da Pré-História à Atualidade Introdução Periodização da História do Brasil Pré-História Pré História do Brasil Dinossauros no Brasil Paleorrota Vale dos Dinossauros Brasil Colonial Descoberta do Brasil Controvérsias sobre o descobrimento do Brasil Brasil Colônia Capitanias do Brasil Ciclo da cana-de-açúcar Invasões francesas do Brasil Invasões holandesas do Brasil Arte colonial no Brasil Barroco Brasil Império Império do Brasil Anexo:Cronologia do Brasil Império História do Império do Brasil Independência do BrasilPrimeiro reinado Constituição brasileira de 1824 Poder moderador Confederação do Equador Guerra da Cisplatina Segundo Reinado Período regencial Tráfico de escravos para o Brasil Abolicionismo no Brasil Lei Áurea Guerra do Prata Guerra do Paraguai Proclamação da República do Brasil Pedro I do Brasil Pedro II do Brasil Imperatrizes do Brasil Brasil República Brasil República Constituição do Brasil República Velha República da Espada Política do café com leite Era Vargas Estado Novo (Brasil) Período Populista Ditadura militar no Brasil (1964-1985) Nova República

http://youtu.be/Qedg7h9WEsU

View More
Comments

0 Comments